terça-feira, 18 de junho de 2013

Uberaba decreta emergência por H1N1

A Prefeitura de Uberaba vai decretar situação de emergência contra o vírus H1N1 para evitar a disseminação da doença em Uberaba, que já tem 21 casos registrados. A decisão foi tomada na manhã de ontem pelo prefeito Paulo Piau em reunião com todo o secretariado, por precaução, já que, se houver necessidade de comprar insumos, o município não teria como arcar com os custos de imediato.

Através do decreto, que está publicado na edição de hoje do JORNAL DE UBERABA (JU) e será publicado no Porta-Voz, a prefeitura poderá agilizar o processo de contratação de profissionais e compra de insumos, em especial álcool em gel e máscaras. Segundo o Departamento de Comunicação da prefeitura, não está descartada a implantação de um serviço especial de atendimento nos moldes do Centro Especializado em Dengue (CED). "Tudo o que estiver ao nosso alcance será feito. Esse é um problema nacional que Uberaba vai saber enfrentar", disse Piau.

Em Uberaba, já foram tratadas ou estão em tratamento 21 pessoas, sendo que sete casos deram negativo e quatro positivo. Dos casos confirmados, uma paciente, R.O.R., de 29 anos, continua internada no Hospital de Clínicas da UFTM. Em outros três casos, os pacientes morreram: A.C.M.S., de 32 anos, J.M.S.J., de 43 anos, ambos de Uberaba, e N.F.M, de 56 anos, de Sacramento. A família de J.M., que teve o caso confirmado ontem, fez um relato dos dias em que ele ficou internado e, inclusive, entrou na Justiça. Existem 11 casos suspeitos aguardando resultado da investigação, inclusive com três óbitos, todos de Uberaba, uma mulher de 94 anos, uma mulher de 26 anos e um homem de 80 anos.

Oito pacientes ainda estão internados, sendo quatro de Uberaba e outros de Conquista, Frutal, Campos Altos e Ibiá. Vale lembrar que, neste final de semana, uma jovem morreu com suspeita de Influenza A ou de hantavirose, já que a vítima é moradora de uma fazenda na região.

Orientações - Outro cuidado do prefeito é em relação à chegada de visitantes. O prefeito pediu ao secretário da Saúde, Fahim Sawan, uma ação direta no aeroporto, na rodoviária e no Posto Graal, para orientar pessoas que chegarem aqui com suspeita de gripe, bem como distribuir máscaras e álcool em gel. Todos os acometidos por gripe, independente da confirmação ou não de Influenza, serão orientados a procurar ajuda médica. Outro protocolo do Ministério da Saúde é aplicar Tamiflu em pessoas com suspeita da H1N1, mesmo sem a confirmação da doença. Em Uberaba, o estoque do medicamento é razoável e está em todas as unidades de saúde.

Desde o mês passado, a Secretaria Municipal de Saúde estendeu a vacinação contra a gripe, vacinando profissionais ligados à área, servidores municipais, mesmo com o município tendo cumprido a meta. Porém, os doentes crônicos que ainda não foram vacinados poderão ser imunizados hoje nas Unidades Matriciais de Saúde dos bairros Abadia, Boa Vista, Bairro de Lourdes, Volta Grande e Valim de Melo, que estará atendendo até as 22h. Nesta faixa, estão: diabéticos, portadores de HIV, hipertensos, cardiopatas, pacientes em tratamento de câncer, dentre outros.

Comitê - Também será criado um Comitê Permanente de Gerenciamento de Crise, composto por secretarias municipais e instituições que serão convidadas, como Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Câmara Municipal. O objetivo é atuar em todos os problemas em que for necessária a tomada de ações que extrapolem o âmbito da prefeitura, como analisar o quadro com vistas a decisões conjuntas. Já existe uma sinalização a ser avaliada pelo Comitê de se evitar eventos com alta aglomeração de pessoas em locais fechados. Entretanto, ainda não foi decidido pela suspensão de aulas, como já aconteceu em diversas cidades brasileiras. A primeira reunião do Comitê será na quinta-feira (20), às 15h, no Gabinete do prefeito.
Fonte: Jornal de Uberaba

Nenhum comentário: