segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Incêndio em SP deixa 25 bombeiros feridos

Marcelo Camargo/Agência Brasil
Os bombeiros encerraram por volta do meio-dia de sábado (30) os trabalhos de rescaldo do incêndio que destruiu completamente o Auditório Simón Bolivár do Memorial da América Latina, na zona oeste da capital paulista. Foram 15 horas de combate ao incêndio envolvendo 100 homens, dos quais 25 ficaram feridos. Cinco bombeiros permanecem internados no Hospital das Clínicas, quatro deles em estado grave.

Segundo o major Wagner Lechener, foi feito o trabalho de inspeção por peritos da Polícia Científica e, em seguida, peritos da Polícia Civil avaliaram o comprometimento da estrutura. Ele informou que uma equipe do Corpo de Bombeiros permanece no local apenas por prevenção, mas que não existem mais focos de incêndio.

O diretor do memorial, João Batista Andrade, exibiu aos jornalistas presentes o laudo do Corpo de Bombeiros que mostra que as condições de segurança do local estavam em dia. Ao ser questionado sobre o Alvará de Funcionamento, ele argumentou que a prefeitura havia solicitado pequenas modificações e que todas elas foram cumpridas, mas que ele ainda não está com o documento em mãos. 

Andrade disse que tem a informação da prefeitura de que os reparos foram aprovados. "Estamos tentando resolver essa questão do alvará. Tudo que é necessário foi feito e não sei porque o documento ainda não chegou", disse.


O secretário estadual de Cultura, Marcelo Araujo, disse que  medidas só serão tomadas após a avaliação dos peritos.
Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário: