terça-feira, 15 de janeiro de 2013

São Paulo quer aumentar coleta seletiva para 10%

O novo prefeito da capital paulista, Fernando Haddad, afirmou na última quinta-feira (10) que pretende aumentar a quantidade de lixo reciclado em São Paulo para 10%.

Atualmente, cerca de apenas 1,2% dos resíduos produzidos na cidade são enviados às centrais municipais de triagem, que encaminham o lixo para reciclagem. Na Vila Mariana, considerada o bairro paulistano que mais recicla, a porcentagem de resíduos que são destinados às centrais não chega a 5%.

De acordo com o prefeito, o grande problema está na falta de verba para o setor. Segundo ele, há oito anos a administração de São Paulo adiou o investimento em coleta seletiva. Haddad prometeu tratar do assunto em breve com as duas concessionárias que atuam nessa atividade em São Paulo, a Ecourbis e a Logística Ambiental (Loga).
Fonte: Planeta Sustentável

Um comentário:

Anônimo disse...

tem q constituir um consórcio popular, administrado pleos próprios agente sambientais, para essa finalidade.