quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Férias fazem crescer acidentes com crianças.

Das ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros de Marília, 3% estão relacionadas a esse tipo de problema; nesta época índice sobe para 10% .

As férias escolares chegaram e, com a permanência das crianças em casa, os pais devem estar atentos para evitar acidentes domésticos, como afogamentos, queimaduras e engasgamentos.

O alerta é da tenente do Corpo de Bombeiros de Marília, Andreza Facchini Moreira. Segundo ela, das ocorrências atendidas pela corporação, 3% estão relacionadas a esse tipo de problema. “Nas férias esse número sobe para 10%. Entretanto, isso não significa o total de acidentes, já que alguns pais não acionam os bombeiros.”

As ocorrências mais comuns são os afogamentos, quedas, queimaduras, engasgamento e ingestão de produtos químicos. “As garrafas pequenas e coloridas chamam a atenção das crianças. O risco maior é na idade de 3 a 4 anos. Elas colocam moeda na boca, dedo na tomada, mas cada faixa etária tem seu risco. É preciso estar atento.”

A tenente lembra os pais da importância da supervisão das atividades das crianças por um adulto. “É importante não deixá-las sozinhas. Já atendemos casos de crianças que brincavam com fogo e ele se alastrou por toda a casa. Os pais devem mantê-las longe da cozinha e os cabos das panelas para dentro do fogão. Produtos químicos não podem ficar ao alcance delas e as piscinas, escadas e janelas devem ter proteção.”

Além disso, os brinquedos têm que respeitar a idade a qual são voltados, já que muitas crianças os colocam na boca. Remédios também não devem ter acesso fácil.

A tenente lembra que em casos de acidentes domésticos, principalmente traumas e quedas, o Corpo de Bombeiros deve ser acionado pelo 193. “Vamos prestar o socorro correto, evitando sequelas posteriores e amenizando as lesões”, conclui.
Fonte: Rede Bom Dia / Marília

Nenhum comentário: