sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Viagem marcada?

Pegue estrada com segurança!

As festas de final de ano são sempre ótimas oportunidades para uma viagem divertida com a família e amigos. Mas pegar estrada, principalmente nesta época, exige muita cautela e a adoção de medidas importantes de segurança para evitar acidentes.

A segurança dos pequenos durante qualquer trajeto de automóvel é prioridade! Na cidade, em pequenas distâncias e principalmente nas rodovias, onde o fluxo de automóveis aumenta consideravelmente nesta época do ano, o uso da cadeirinha é essencial. Por isso, a criança deve sempre estar no banco de trás com o dispositivo de retenção mais adequado de acordo com sua altura e peso. Consulte o Guia da Cedeirinha.

Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2007, 2.134 crianças de até 14 anos morreram vítimas de acidentes de trânsito. Deste total, 669 morreram na condição de passageira de veículos. Estudos americanos mostram que cadeiras de segurança para crianças, quando instaladas e usadas corretamente, diminuem os riscos de morte em até 71% em caso de acidente.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, alguns cuidados também podem contribuir para uma viagem mais segura como a verificação rigorosa do veículo e dos equipamentos obrigatórios, o respeito à sinalização, a ingestão de refeições leves e o não consumo de drogas e álcool antes de dirigir e outros. O site da PRF também traz um Guia de Boa Viagem.

A CRIANÇA SEGURA lançou uma campanha para mostrar a importância do uso da cadeirinha e os diferentes modelos existentes. Ao acessar , o internauta passa a participar de um jogo de tabuleiro. No início do game, o jogador escolhe o carro equipado com o dispositivo de retenção adequado ao peso de seu filho (bebê conforto, cadeirinha, assento de elevação ou o próprio cinto de segurança do carro). Ao jogar o dado, o participante percorre o trajeto e recebe dicas e informações cada vez que pára em determinada casa do tabuleiro. As mensagens trazem orientações sobre certificação, instalação, o risco de se transportar a criança no colo e a importância de se utilizar o equipamento mesmo em passeios curtos.

Nenhum comentário: