sexta-feira, 11 de março de 2011

Carreiras: como fazer para vencer o aumento do nível de estresse?

Estudo revelou que 82% dos profissionais pesquisados apresentavam traços de ansiedade em diversos graus.

O panorama de vida saudável entre os profissionais brasileiros, das mais diversas áreas de atuação, parece ficar a cada dia mais distante do ideal.

Estudo da ISMA (International Stress Management Association) revelou que 82% dos profissionais pesquisados apresentavam traços de ansiedade em diversos graus.

Outros 78% sentem-se angustiados em relação ao trabalho, enquanto 52% têm momentos de agressividade em casa oriundos do estresse na empresa. Já 32% têm problemas gastrointestinais. O estudo compreende os anos de 2005 a 2010.

Quadro negativo

Para o diretor da consultoria Portal Fox, Ricardo Piovan, pelo menos nos próximos anos, o quadro negativo tende só a se intensificar no País. Mas, então, como suportar estas crescentes pressões no trabalho?

"Uma das formas de reduzir os problemas e adversidades no ambiente de trabalho é conjugar o verbo aprender. A letra A no começo de algumas palavras têm o sentido de negação, no caso da palavra aprender", afirma o especialista.

Ele completa: "O resultado seria mais ou menos assim: não se prender a conceitos e atitudes antigas, que talvez não funcionem mais nos dias turbulentos de hoje e se prender a novas formas de fazer as mesmas coisas e quem sabe o resultado venha de forma diferente", completa.

Ler e aprender

Evitar o estresse e a pressão no trabalho podem ser coisas não tão fáceis de serem alcançadas. Entretanto, o profissional que conseguir somar disciplina e autocontrole pode se sobressair frente aos outros.

"Talvez o seu problema seja sua relação com o seu chefe complicado ou com os seus colegas de trabalho. Nestes casos, faça um treinamento de gestão de conflitos, para conquistar competências de como agir assertivamente com estas pessoas", orienta Piovan.

Para os profissionais que trabalham na área de vendas, por exemplo, e que não conseguem atingir resultados, a recomendação é ler sobre como persuadir e influenciar pessoas.

"Quer outro exemplo? Talvez você seja um líder e não está conseguindo fazer a sua equipe produzir com eficácia. Então, leia livros de como liderar melhor, faça um treinamento, converse com líderes que conseguem resultados, veja o que eles fazem e o que você não faz", diz o especialista.

"Pressões por resultados melhores, dificuldades nos relacionamentos e instabilidade na empresa são coisas comuns hoje em dia e, como falamos, tendem a ficar mais intensas com esta explosão de crescimento que o nosso país está passando. A diferença entre suportar e superar tudo isto está na forma de lidar com estas questões e talvez esteja na hora de você aprender e desenvolver formas diferentes para resolver velhos problemas", finaliza Piovan.
Fonte: Infomoney

Nenhum comentário: