quarta-feira, 4 de maio de 2011

Acidentes no trabalho matam 6.300 pessoas por dia.

Os acidentes de trabalho causam a morte de 6.300 pessoas por dia em todo o mundo, segundo dados recentes divulgados pela OIT (Organização Internacional do Trabalho).

O relatório da OIT afirma que é "importantíssima" a implantação de programas para prevenir acidentes no trabalho, doenças e mortes. As medidas devem ser adotadas tanto pelo poder público quanto pelas empresas, afirma a agência, que é vinculada à ONU (Organização das Nações Unidas).

Anualmente, 337 milhões de acidentes de trabalho acontecem em todo o globo. Destes, 2,3 milhões resultam em mortes ao longo dos 365 dias do ano.

Causas de acidentes

Algumas das principais causas de acidentes de trabalho são cobranças incessantes e pressão exercida por chefes. Disso surge o estresse que leva a desatenção do profissional e possíveis deslizes que podem acabar até em morte.

No Brasil, os problemas causados pelo estresse no emprego afetam 4% dos trabalhadores, ou 1,3 milhão de pessoas.

Todos os afetados receberam auxílio-doença e se afastaram do ambiente profissional em 2008, segundo dados da pesquisadora Anadergh Barbosa Branco, professora de medicina do trabalho da UnB (Universidade de Brasília).

O estudo também mapeou as principais causas de afastamento dos trabalhadores. Entre os principais motivos, além dos problemas mentais decorrentes do estresse, está a esquizofrenia.

Para Anadergh, a falta de um exame preciso que comprove distúrbios psicológicos faz com que os funcionários não saibam lidar com o estresse, assim como a maioria das empresas.

O número de funcionários afastados é preocupante e mostra a sociedade como "criadora de uma legião de incapacitados", afirma Anadergh.

"As doenças da mente representam cada vez mais um fator importante [de afastamento no trabalho], com maior curso e duração, e estão crescendo em quantidade. Há um custo social alto para o governo e para a sociedade. É preciso acordar para isso".

Saiba como prevenir

Um bom ambiente de trabalho pode evitar acidentes e diminuir a carga de estresse sobre o funcionário, já que ali mesmo, na empresa, pequenas insatisfações podem gerar doenças.

Gritos de chefes, competição e inveja entre colegas, metas a serem alcançadas, prazos a serem cumpridos, tudo pode agravar o quadro. Trabalhar com limites e ter perspectiva de crescimento são formas de amenizar o estresse da rotina no emprego.

Caso necessite de tempo, negociar um adiantamento das férias para descansar pode evitar um prejuízo maior para o trabalhador, afirma Anadergh.
Fonte: R7

Nenhum comentário: