quarta-feira, 18 de maio de 2011

Procuradores do Trabalho inspecionam hospital e pronto socorro de Cuiabá.

Um grupo formado por seis procuradores do Trabalho foi ontem, dia 16, até o Pronto Socorro de Cuiabá, verificar as condições de saúde e segurança dos servidores concursados e dos contratados. O meio ambiente de trabalho dentro do hospital e do pronto socorro foi alvo da inspeção do MPT.

O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso recebeu denúncias a respeito das precárias condições de trabalho naquelas unidades de saúde da capital, e vem acompanhando, pela imprensa local e nacional, as reclamações feitas pelos usuários do sistema SUS e pelos representantes dos sindicatos dos trabalhadores das áreas médica e de enfermagem.

Na década de 80 o pronto socorro de Cuiabá funcionava, como anexo, ao hospital Santa Casa. Em 1988, a unidade foi instalada na Av. General Valle, Bairro Bandeirantes, onde funciona até hoje.

A inspeção começou pelo hospital municipal e depois prosseguiu até as instalações do pronto socorro. Os procuradores, acompanhados de um engenheiro em segurança no trabalho do MPT, fotografaram todas as áreas que estão danificadas, equipamentos e instrumentos de trabalho, móveis, materiais de esterelização, equipamentos de proteção individual e coletivo e ouviram depoimento dos profissionais de diversos setores.

As fotografias e as informações colhidas farão parte de um relatório conclusivo que deverá instruir os procedimentos legais a serem adotados pelo Ministério Público do Trabalho, para cobrar as providências necessárias à segurança e saúde dos trabalhadores municipais, informou a procuradora do Trabalho, Marcela Monteiro Dória.

Participaram da inspeção os procuradores do Trabalho, Thaylise Campos Coleta de Souza, Rafael Garcia Rodrigues, Marco Aurélio Estraiotto Alves, Thalma Rosa de Almeida e Thiago Gurjão Alves Ribeiro, procurador-chefe do MPT em Mato Grosso.
Fonte: O Documento

Nenhum comentário: