quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Angra/RJ prepara-se para exercício de emergência nuclear


As usinas de Angra 1 e Angra 2 passarão por rigorosos testes e simulações de acidente. Entre os dias 10 e 12 de setembro, o Exercício Geral do Plano de Emergência da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto (CNAAA) em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, avaliará a eficácia dos planos de ação de emergência nas duas usinas nucleares brasileiras. Serão realizadas simulações de acidentes a fim de identificar possíveis pontos fracos e aperfeiçoar os procedimentos de segurança das centrais.

Realizado a cada dois anos, o exercício é prova do cuidado das autoridades com a segurança da geração de energia nuclear no Brasil. Participam do exercício autoridades civis e militares, como as Forças Armadas, polícias Militar e Rodoviária Federal, Bombeiros, autoridades hospitalares e Defesa Civil, que coordenará as simulações. Profissionais da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) ficarão de prontidão para medir a radioatividade na região e prestar socorro a quem possa ter entrado em contato com a radiação. 

Até hoje nunca foi registrado qualquer acidente relevante nas usinas nucleares brasileiras. Cada simulação conta com a participação de peritos e observadores nacionais e estrangeiros, incluindo integrantes da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). Essa troca de experiências já resultou na revisão da legislação do setor e tem permitido um aperfeiçoamento contínuo do plano de emergência, realizado anualmente desde 1996. 

Simulações envolvem a população local

O exercício deste ano terá dois dias de atividades ininterruptas nas usinas, envolvendo simulações de cenários em que ocorram a liberação de radiação para o meio ambiente e a decretação de situação de emergência nas imediações. Parte dos moradores de um raio de 5 km em torno das usinas, incluindo habitantes das ilhas próximas, será removida e abrigada em escolas estaduais, municipais e no Colégio Naval de Angra dos Reis. Eles foram convidados e participam voluntariamente dos exercícios.

Em 2013, a CNAAA também irá promover uma série de campanhas de cunho social e educativo junto à população. Entre as ações, estão exposições sobre os usos de energia nuclear e exercícios anteriores, com exibição de fotos, vídeos e textos sobre as simulações de 2011 e sobre as autoridades envolvidas no programa. Essa mostra fica aberta a partir do dia 10 de setembro simultaneamente no Centro de Angra dos Reis, nas comunidades do Frade e Parque da Mambucaba, próximas às centrais nucleares, e no município de Paraty.

Além das campanhas de conscientização, também serão montados hospitais de campanha durante os três dias de exercício geral. As estruturas de Exército, Marinha e Força Nacional da Saúde ficarão localizadas em comunidades próximas a Angra dos Reis, realizando atendimentos ambulatoriais e servindo de espaço, também, para palestras sobre prevenção de doenças e outras questões de saúde.

Sobre o exercício

Realizado anualmente desde 1996, o Exercício Geral do Plano de Emergência da CNAAA se divide em dois tipos de simulações. Em anos pares, são realizados apenas procedimentos parciais nas usinas, focados em pontos específicos que os técnicos acreditem necessitar de maior prática e estudo. Em 2012, por exemplo, foi avaliado o funcionamento do Centro de Informação de Emergência Nuclear (Cien).

Já em anos ímpares, como em 2013, são realizados os chamados exercícios gerais, mais abrangentes e que contam com o apoio de autoridades militares e civis para simular cenários em que seja preciso acionar toda a cadeia de socorro em caso de uma emergência real. 

O exercício deste ano é o primeiro a ser realizado em três dias inteiros, incluindo dois dias de trabalho ininterrupto. Em geral, desde que os treinamentos foram iniciados em 1996, eles ocorriam em apenas um dia. Em 2011, o período de exercício foi estendido para dois dias, com as equipes responsáveis pelo atendimento de situações de emergência trabalhando ininterruptamente, inclusive durante a madrugada.

Para divulgar o exercício de 2013, desde o dia 27 de agosto, a Eletronuclear realiza campanha publicitária sobre o treinamento. As peças publicitárias estão sendo veiculadas em diversos jornais impressos, emissoras de rádios e canais televisivos da Costa Verde.
Fonte: Eletronuclear

Nenhum comentário: